O marketing de conteúdo é atualmente aplicado em diversos segmentos de mercado. Mas o que muita gente não sabe é que pode ser utilizado também para o setor industrial.

Apesar de terem processos de compra mais complexos, as indústrias podem aproveitar o marketing de conteúdo para gerar leads, fortalecer a marca e manter um bom nível de tráfego pago.

No artigo de hoje abordaremos sobre as características do marketing de conteúdo e como ele pode ajudar empresas a explorar o mercado digital e inovar a forma de obter oportunidades de negócios. Boa leitura!

O que é o marketing de conteúdo?

O marketing de conteúdo é uma estratégia bastante utilizada no marketing digital. Ele consiste na produção e publicação de conteúdo relevante para sua persona.

Assim, através do conteúdo, é possível estimular o entendimento do lead de que ele tem um problema e que seu conteúdo inicial pode ajudar na solução dele.

A partir de marketing digital, uma marca pode criar autoridade no assunto, gerando uma relação de confiança entre ela, o lead e até mesmo clientes já convertidos.

Na indústria, o marketing de conteúdo pode trazer diversos benefícios, mesmo que o processo de compra seja mais longo, considerando as particularidades que envolvem o produto.

Estima-se que 90% das empresas B2B preferem realizar suas compras com outras empresas que fornecem conteúdos relevantes para o negócio.

Principais benefícios do marketing de conteúdo para a indústria

Para a indústria, trabalhar com o marketing de conteúdo traz uma série de benefícios. Os principais objetivos de uma estratégia de conteúdo para indústrias são:

  • Atração de leads qualificados;
  • Retenção de clientes atuais;
  • Entendimento das necessidades do lead;
  • Presença digital;
  • Referência no segmento em que atua;

Esses fatores também estão alinhados com o aumento da lucratividade da indústria. Com base nesses objetivos, se espera alguns benefícios do marketing de conteúdo.

Autoridade do segmento

Já sabemos que o ciclo de compra é mais longo entre indústrias. Isso porque a decisão de compra envolve, além de preço e qualidade, questões como aprovação de normas e certificações.

Com o marketing de conteúdo é possível demonstrar a expertise da indústria no segmento, expondo suas qualidades e como o processo de compra pode ser mais simples.

Além disso, um conteúdo educativo deixa evidente o conhecimento da empresa sobre o assunto abordado, aumentando sua credibilidade.

Como resultado, a marca ganha autoridade no assunto, sendo lembrada positivamente por outas empresas que precisam dos seus produtos para atender suas necessidades.

Aumento da conversão

Toda estratégia de marketing digital tem foco na conversão de vendas. O marketing de conteúdo é uma das formas de atrair leads para o funil de vendas e manter sua nutrição por toda jornada de compras, até chegar na fase da conversão.

O funil de vendas se divide basicamente em três fases:

  • Topo de funil: o lead conhece seu conteúdo e entende que possui um problema;
  • Meio de funil: o conteúdo é mais aprofundado na solução do problema identificado;
  • Fundo de funil: a solução definitiva do problema é apresentada;

O conteúdo produzido deve ser correspondente às essas três fases do funil de vendas. Quando o cliente chega ao fundo do funil, é o momento da oferta do produto ou serviço oferecido. Se a nutrição foi realizada de modo eficiente, a conversão com certeza acontecerá. É o momento em que o lead se transforma em cliente.

Alinhamento de informações

O conteúdo gerado será direcionado para aquele perfil de cliente definido no início do planejamento.

Assim, fica mais fácil alinhar a necessidade do cliente com o produto da indústria, além de demonstrar as particularidades de quem está realizando a oferta.

Monitoramento

A grande vantagem do marketing de conteúdo para diversos segmentos, incluindo a indústria, é a possibilidade de monitorar os resultados.

É possível avaliar a eficiência do que está sendo executado e ajustar as estratégias para potencializar o alcance e a conversão.

Como aplicar o marketing de conteúdo na indústria?

A implantação do marketing de conteúdo para a indústria segue as mesmas ações para o marketing B2B. Portanto, para aplicar as estratégias de conteúdo para a indústria, é preciso ter atenção aos pontos seguintes.

  • Persona e público alvo:

O público alvo é a segmentação do grupo de pessoas que se deseja atingir. Já a persona é o representando do cliente ideal contido no público alvo.

Definir a persona é importante para direcionar a produção de conteúdo de maneira mais assertiva. Para tanto, é preciso identificar os objetivos, as necessidades, os desafios e questões comportamentais. Após essa fase, é preciso relacionar como o produto vai atender suas demandas.

Mesmo que a negociação seja B2B, vale lembrar que a por trás de uma empresa, existem uma pessoa. Logo, as expectativas dela que devem ser consideradas para determinar seu perfil.

  • Ferramentas de marketing de conteúdo:

É importante analisar as melhores ferramentas de marketing de conteúdo e explorar cada uma de maneira estratégica.

As redes sociais são ótimas aliadas para a publicação de conteúdos para fortalecimento de marca. Especialmente o LinkedIn, sendo totalmente voltado para o âmbito profissional e B2B.

Os blogs também são plataformas que geram um ótimo engajamento com conteúdos educativos. Uma grande vantagem do blog é melhorar o ranqueamento do site, quando o Google entende que o conteúdo é relevante.

Ferramentas de e-mail marketing e landing pages são recursos inteligentes para realizar a captação de leads e nutrição de leads qualificados.

  • Otimização de site:

A otimização de site para melhorar a busca no Google também é importante. Vale trabalhar as palavras-chave utilizadas nos termos de busca que o usuário aplica para chegar conteúdo desejado.

  • Tráfego pago:

O tráfego pago é fundamental para impulsionar vendas e captação de leads a partir de uma segmentação ainda mais assertiva. Os anúncios patrocinados podem ser nas redes sociais e no próprio Google Ads.

  • Monitorar resultados:

É interessante criar métricas e indicadores para refinar a persona e entender se as estratégias aplicadas estão sendo eficientes para a captação de leads e conversão. É possível também, a partir do monitoramento, definir novas estratégias para atender um público alvo mais extenso.

Agora que você viu que é possível implementar o marketing de conteúdo para o segmento industrial, venha conhecer a Tipo, uma agência voltada inteiramente para o atendimento de indústrias.

Este artigo te ajudou? Comente, compartilhe em suas redes sociais e acompanhe nosso blog para mais conteúdo como este.

Até a próxima!